A Upper Comércio Exterior

Como Importar da China.

Como Importar da China.

Como importar da China em grande quantidade.

A importação de produtos da China tem grande potencial de lucro para as empresas brasileiras. Vamos explicar como o empresário pode dar os primeiros passos para importar da China. Especificamente em grande quantidade, através da importação empresarial.

Para se realizar importações existem custos fixos .

Os custos fixos.

Independente do custo da mercadoria ou da quantidade. Estes custos fixos só variam por conta das modalidades, mas não deixam de existir. Por um lado, claro que você pode sempre importar em pequenas quantidades, por outro lado isso não quer dizer que este processo seja viável financeiramente.

Muitas vezes, para importar em pequenas quantidades talvez seja mais viável usar a pessoa física ao invés de jurídica, o que diminuiria os custos, uma vez que o tipo de cobrança é diferente. Há também a possibilidade de fazer uma consolidação, que é a junção de várias importações pequenas num mesmo embarque, no qual seriam divididos o frete, seguro e os demais custos.

Importação empresarial.

Para importar da China existe a importação empresarial, que em suma, é a mais viável para uma grande quantidade de mercadorias, devido aos benefícios que ela pode fornecer ao comprador. Entre estes, estão a redução de custos.

Primeiros Passos.

Antes de mais nada, o primeiro passo de toda importação empresarial é saber se a sua empresa tem algum tipo de registro. Para começar, é importante ter dois registros básicos. O primeiro deles é o registro de Importador e o Registro no Siscomex.

Primeiramente, o registro de Importador serve como um cadastramento da sua empresa no Registro de Exportadores e Importadores (REI) da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) – de acordo com a portaria 280 de 12/07/95.

Ao passo que foi feito o registro do importador, existe o registro no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex).

O Siscomex é um sistema informatizado da Secretaria da Receita Federal (SRF) através do qual o importador registra todas as informações da operação comercial e da mercadoria para que sejam emitidos o Licenciamento de Importação (LI), Declaração de Importação (DI), Registro de Operações Financeiras (ROF) ou ainda a consulta ou retificação do Extrato da DI.

Simulação de Importação.

Para importar da China em grande quantidade é preciso fazer uma simulação de importação. Nela, você seleciona quais produtos quer importar, quando, com qual modalidade de frete e calcula ou contrata uma consultoria que pode reduzir seus custos para calcular. Ao escolher os produtos, eles precisam se encaixar dentro de uma nomenclatura ou classificação fiscal. As NCMs funcionam como uma grande lista que classifica todo os produtos e mercadorias.

A nomenclatura ou classificação fiscal ordena por códigos as mercadorias de acordo com sua natureza e características, relacionando as informações básicas necessárias à transação comercial, como a incidência de impostos (Tabela de Incidência sobre Produto Industrializado – TIPI, por exemplo), contingenciamentos, acordos internacionais e normas administrativas.

No Brasil, existem dois tipos de nomenclatura: a Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) e a Nomenclatura Aduaneira para a Aladi (Naladi-SH).

Alguns produtos não podem ser legalmente importados e outros têm a importação permitida, mas apresentam algumas restrições e necessitam de uma licença de importação para entrar no país.

Normalmente, esses produtos precisam de LI (Licença de Importação), que é basicamente um documento emitido pelo SISCOMEX que autoriza a importação de determinada mercadoria.

Dependendo do produto, toda importação que você realizar terá que passar por um processo de licenciamento, alguns mais rápidos e outros mais lentos. Todas essas questões interferem na simulação de importação.

Sourcing.

Em seguida, vem a fase do processo de importação é a escolha de fornecedores. Este é um ponto extremamente importante porque você precisa escolher pessoas a kilomêtros de distância que sejam confiáveis para trazer o produto que deseja.

Além da utilização da própria internet, os empresários podem visitar as famosas Feiras de Negócios que acontecem na China ao longo de todo o ano. Diversos fornecedores se reúnem nas feiras de acordo com os setores e representam suas fábricas, com seus produtos e inovações.

Entre as mais diversas feiras que ocorrem na China, a mais famosa é realizada na cidade de Cantão. Esta é conhecida como a Feira de Cantão, a maior da China e do mundo, possuindo uma enorme e variada exposição, que a torna um lugar perfeito para quem deseja importar da China.

Auditoria de Fábrica.

Uma auditoria em fábrica é importante em qualquer importação empresarial. Ainda mais quando você vai importar da China em grande quantidade. Ao realizar uma auditoria de fábrica na China, o comprador conhecerá a fábrica em detalhes por olhos profissionais. O auditor irá esclarecer suas dúvidas sobre a fábrica. Sua experiência na produção do produto, qualidade, etc.

A produção deve ser compatível com a expectativa sobre o produto.

Controle de Qualidade.

Se você vai importar da China em grande quantidade, o controle de qualidade é um ponto importante. Para o controle de qualidade dos produtos, os importadores deverão contratar firma inspetora credenciada pela ANP nos termos da Resolução ANP nº 45. Este processo é importante pois volta de novo na questão da expectativa e realidade do produto.

As firmas inspetoras credenciadas pela ANP devem atender ao art. 7º da Resolução ANP nº 680/2017, que dispõe sobre envio à ANP do “Formulário para Informação dos Dados dos Laboratórios”. Este contém as informações referentes aos laboratórios utilizados para o controle da qualidade dos produtos importados.

Contrato de Compras.

Para importar da China em grande quantidade ou até mesmo em pouca quantidade é necessário um contrato de compras. É imprescindível que haja termos relacionados ao incoterm utilizado. Outros pontos importantes são: forma de pagamento, recebimento da mercadoria e tempo de trânsito.

Então, o contrato de compras envolve mais alguns tipos de informações quando fazemos um importação de grande quantidade. De qualquer maneira, mesmo com algumas informações necessárias, os contratos variam do que é acordado com cada fornecedor.

Fechar negócio.

Por fim, tendo passado por todas as etapas acima mencionadas, segue-se a parte final de como importar da China em grande quantidade, que é fechar o negócio. Como visto, a importação da China em grande quantidade não é tão diferente de importar pouca quantidade. A diferença está em importar de maneira empresarial e não por pessoa física.

Depoimentos

Somos atendidos pela UPPER CONSULTING há 1 ano e estamos muito satisfeitos com a transparência nas informações prestadas e com a eficiência de tudo o que a empresa se propõe a fazer.

Fabiano Batista Ibeplas

Compromisso, responsabilidade e eficiência.

Giovanni Rezende Fcomex Negócios Internacionais

Somos atendidos pela UPPER CONSULTING há 8 anos, e desde então só melhorias e parceria. Prestam um excelente serviço.

Juliano Santos JSJ Brasil Cargo Service

Nossa parceria existe há 4 anos, e sempre fomos atendidos com extrema excelência, desde de o inicio até os dias de hoje, é muito gratificante ter um parceiro tão dedicado.

Henrique Morais V3 Shipping do Brasil